A relação entre Ipads, fonoaudiologia e crianças

A relação entre Ipads, fonoaudiologia e crianças

O  Iplace Educacional é um site da apple que através dos seus posts fala sobre a relação entre educação e tecnologia. Super interessante para nós mães estarmos por dentro e sabermos de que forma a tecnologia pode ser positiva na educação e aprendizado dos nossos filhos. Semana passada escrevi um texto para eles sobre a relação dos ipads e aplicativos com a fonoaudiologia. Também falo um pouco sobre relação da tecnologia com as crianças. Espero que gostem!

“Na Fonoaudiologia Clínica temos uma infinidade de opções para interagirmos com as crianças durante o processo terapêutico, tudo sempre voltado para o brincar. Como? Através de jogos, lendo livros de histórias infantis, criando histórias dando asas à imaginação das crianças, e por aí vai.

Com a chegada dos iPads,  a terapia fonoaudiológica ganhou um novo aliado pois através de aplicativos voltados para o lúdico e focados nas questões fonoaudiológicas temos outras tantas possibilidades para trabalhar. Lógicamente que não existe uma terapia inteira focada somente nos aplicativos, entretanto eles vieram para nos dar mais opções e podermos mesclar mais as atividades com os pacientes.

Alguns aplicativos que uso:

“Academia da articulação” aplicativo que as crianças adoram para trocas ou ausências fonêmicas . As crianças curtem a atividade de gravar e escutar como estão falando, o que estimula a percepção dos sons da própria fala.

“Fazendeiro Joe Lite” e “Tartaruga Luck” para trocas na escrita. As crianças devem achar a letra que completa a palavra.

“Pequeno Pintor” (meus filhos amam) Jogo que trabalha cores, criatividade e atender a comandos pedidos pelo jogo.

Sei que existe uma grande corrente contra o uso de iPads para as crianças, mas penso que tudo o que é extremo não é saudável. Hoje em dia, da mesma maneira que não é nem um pouco saudável a criança passar o tempo inteiro no iPad, também não acho interessante que a criança desconheça o uso dessa tecnologia pois faz parte do mundo em que vivemos. Afinal de contas, mais cedo ou mais tarde as crianças entrarão nesse mundo, com certeza.Temos que ter a clareza de que a tecnologia veio para nos ajudar e as crianças devem ter contato com ela. O grande problema é o uso excessivo da tecnologia para fins de lazer, sobrepondo-se a outras formas de lazer tão importantes ao desenvolvimento da criança como um todo. Cabe aos pais o controle e a supervisão.  Da mesma maneira penso que, dentro da clínica fonoaudiológica, esse uso também deve ser dosado para que a evolução da terapia seja significativa.”

 

(Visited 272 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário