Prefiro a real do que falar do que não vivo

Prefiro a real do que falar do que não vivo

Precisamos falar de maternidade real…

Prefiro falar a real do que pintar de cor de rosa!

Prefiro a real com todas as dores e dificuldades do que vir aqui falar de algo que não vivo!

A real não significa não gostar da maternidade, mas sim ter clareza sobre o que ela é de fato e ter total noção das dores e delícias!

A real ajusta as expectativas para que todas nós possamos nos sentir ok com todos os nossos sentimentos de mãe, a perfeita é uma busca incansável por algo inatingível!

A real faz com que a culpa seja mais diluida, a perfeita nos enche de culpa.

A maternidade real une as mães fazendo com que ao invés de julgar a gente pense em ajudar umas as outras, a maternidade perfeita desagrega fazendo mães se julgarem o tempo todo em busca de quem é a mãe mais perfeita!

A real é humilde a perfeita é arrogante!

Olhe essa foto:

E ai, você escolhe ser uma mãe real ou uma mãe perfeita?

Vamos nos unir! Vamos ser reais! Melhorar sempre, perfeição jamais!

Texto: @maeforadacaixa

(Visited 231 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário