Juro que eu te entendo.

Juro que eu te entendo.

 

Entendo a sua sensação de acordar de madrugada e não conseguir mais dormir preocupada com a maneira rude que você pediu para seu filho ir escovar os dentes.

Para mim, é fácil entender que você está cansada e por isso louca para seu bebê dormir. Mas quando ele adormece ao invés de colocá-lo no berço fica cheirado a cria como se fosse a última vez que estivesse com ele nos braços.

Eu juro que entendo o aperto no peito que deu quando seu filho desmamou.

Também compreendo a saudade que você sentiu quando conseguiu, enfim, tirar um fim de semana para descansar sozinha.

Entendo a sua angústia com a febre que não passa mesmo que o pediatra tenha falado que é só uma virose.

Compreendo como é difícil para você ver seu filho lidando com as dores do mundo.

Juro que eu valido sua vontade de sumir quando ninguém colabora.

Entendo também quando você se olha no espelho e sente saudade de quem era antes da maternidade.

Para mim, é fácil compreender que quando chega o fim do dia você nunca acha que fez o suficiente.

Entendo quando você se tranca no banheiro para ter 5 minutos de paz. Também entendo o choro no chuveiro .

Compreendo a importância de não poder faltar o beijo de boa noite e um cheirinho no cangote.

E por mais exausta que você esteja à noite, entendo a força que nasce com você cada manhã.

Juro que te entendo mesmo que você tenha experiências diferentes dessas, mas que também sejam profundas e cheias e amor.

Sou mãe.

Texto: @maeforadacaixa

(Visited 194 times, 2 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário