E afinal o que é Sororidade?

E afinal o que é Sororidade?

Uma mãe da escola passa com os cabelos soltos e eu falo que ela está linda.

Para que invejar se podemos elogiar?

Minha funcionária me conta sobre a vida dela e eu procuro aconselhar.

Para que ignorar se podemos dar atenção?

Posto textos de leitoras, falando sobre os sentimentos e experiências delas com relação a maternidade, uma vez por semana.

Para que ser singular se podemos ser plural?

Quando não estou bem, encontro minhas amigas e recebo conversa amiga, mão estendida, abraço bem dado, e beijo estalado

Para que deixar passar se podemos acolher?

Uma mãe com semblante cansado dá um grito enquanto tenta controlar o chilique do filho no meio do parque. Eu vou buscar a bola que o menino jogou longe, e quando devolvo na mão dela digo: força, estamos juntas

Para que julgar se podemos ajudar?

Respondo todas as mensagens que eu recebo e dou a maior atenção do mundo quando alguma leitora quer algum conselho, ou precisa de alguma palavra.

Para que deletar se podemos encorajar?

Incentivo uma amiga a ir atrás do seu sonho e montar seu escritório.

Para que desencorajar se podemos empoderar?

Sorrio para a caixa do mercado que parece desanimada.

Para que criar antipatia se podemos criar empatia?

Recebo elogios sobre o meu trabalho dizendo que ajudo minhas leitoras através do que escrevo.

Para que desmerecer se podemos enaltecer?

Vejo a minha amiga se emocionar com o falecimento da avó e abraço ela bem apertado.

Para que não tocar se podemos aconchegar?

Tem uma amiga da minha irmã que está me motivando com os meus novos projetos.

Para que desmotivar se podemos ser a força para realizar?

Existe um nome para isso tudo: sororidade, que nada mais é que união e empatia entre mulheres.

O problema é que ainda existem muitas mulheres egocêntricas e que acham que vão conseguir algo olhando para o próprio umbigo. Se enganam, não conseguiremos nada se não estivermos fortes e unidas.

Texto: @maeforadacaixa

 

(Visited 29 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário