Mães reais cumprem com o seu papel

Mães reais cumprem com o seu papel

Aqui corre tudo em volta da desromantização da maternidade.

Sim, porque a grande verdade é que a idealização do “ser mãe” é gigantesca! “A mãe que todos os dias está sempre feliz. Amamenta seu filho linda e maravilhosa, maquiada, de cabelos penteados, com um sutiã lindo e colorido. Ela fica na lida com o bebê, controla com tranquilidade as birras do mais velho. E no fim do dia, quando o marido chega em casa, nem pensa em dormir, quer mesmo é uma noite de amor e sexo com o marido”

Que bom que entendemos que não precisamos viver em busca dessa mãe/ mulher maravilha.

Que bom poder falar dos nossos verdadeiros sentimentos.

Entretanto, tem uma questão importante.

Entender que não existe maternidade perfeita não significa, em hipótese alguma, que temos o direito de nos vitimizar, por ser difícil, e acabar não cumprindo com o nosso papel.

Claro que quando nós ou os pais não estamos presentes, os CUIDADOS podem ser terceirizados.

Agora, EDUCAÇÃO e AMOR tem que vir de pai e mãe.

Muito se engana quem acha que amor é só beijinho, abraço e dizer “eu te amo.”

Amor é presença, limite, orientação e falar não.

Por isso essa onda de desromantização da maternidade, e da mãe com sua identidade preservada não pode ser uma desculpa para os filhos não serem prioridade na nossa vida.

A partir do momento que escolhemos ter um filho, escolhemos abrir mão de uma série coisas. isso é fato, não podemos mudar!

Ser mãe é doação lembra? Isso não tem escolha.

Dá para equilibrar?

Claro!

Devemos ter a nossa identidade preservada?

Com certeza.

Entretanto, fugir dessa busca pela perfeição serve para nos humanizar como mães, nos aceitar com nossos erros e acertos e não para despriorizar os nossos filhos.

Quando nos vitimizamos, podemos acabar tornando nossos filhos vítimas da nossa negligência, ou futuros adultos que vão acabar se tornando vítimas das “dores do mundo.”

Todo o cuidado é pouco.

E o segredo?

Buscar o equilíbrio, sempre!

Texto: @maeforadacaixa

(Visited 507 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário