Quando nasce o amor por um filho?

Quando nasce o amor por um filho?

Dia de texto de leitora! Estou recebendo tantos textos lindos! Quem quiser compartilhar me mande!

Obrigada por dividir esse com a gente Renata! Bjos

“É tão grande que dói! De verdade!

Mas acho que ele não aparece no mesmo momento em que nasce o bebê. Vai surgindo e nós aprendemos a amar esse serzinho com o passar dos dias.

Há alguns dias li um lindo relato de um médico falando para uma paciente que acabara de parir. Ela estava cabisbaixa e chorando. Ele disse para ela não se preocupar e escutar sempre seu coração, que tudo daria certo! Pediu que seguisse seu instinto materno e que com certeza ela iria ser uma ótima mãe. Essa era a essência do que li, não o que realmente estava escrito.

Achei lindo e emocionante! Mas parei para pensar e cheguei à conclusão que, muitas vezes, não é assim que acontece. Nós mulheres, carregamos essa tarefa de “ser uma boa mãe” desde que somos crianças, e quando chega a hora percebemos que não sabemos nem por onde começar!

Quem eu devo ouvir? Minha mãe, minha sogra, o pediatra? Minha amiga que já tem três filhos? Ou apenas meu instinto materno?

Bom, meu conselho é: independente de quem vai te socorrer, quando tiver dúvida, pergunte! Se você estiver insegura e com medo, fale com alguém, peça ajuda. Não é errado, nem feio não saber ser mãe logo de cara.

Não se culpe! E não sofra sozinha!

É muita responsabilidade!

Sim, sua vida vai mudar!

Sim, o bebê depende de você 24 horas por dia e você vai ficar exausta por muitos e muitos anos, por mais bonzinho que seu filho seja.

Sim, por mais que todos a sua volta te ajudem, no final é você quem vai fazer!

Sim, todos vão te orientar e dizer o que dá certo e o que não dá certo. Muitos querem te ajudar e não percebem que te deixam ainda mais ansiosa.

Mas sim, a cada dia você vai sentir que VALE A PENA!”

Texto da leitora: Renata do @kids.teoriaepratica

Foto: @monetnicolebirths

(Visited 478 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário