Erika exemplo fora da caixa

Erika exemplo fora da caixa

Ela é um exemplo de mulher e mãe muito forte na minha vida! Uma amiga incrível que me ensina a cada dia! Mãe dedicada, esposa atenciosa, mulher que sabe o que quer! Admiro como ela encara a vida e o valor que dá para as coisas… posso passar horas escutando seus conselhos ou só conversando bobeira! É como se ela fosse minha irmã mais velha mas que na aparência como ela mesmo diz parece minha irmã gêmea!

Com vocês um dos meus exemplos mais fortes de mãe fora da caixa…Erika Tofani

Quando a Thaís me pediu que escrevesse meu depoimento, pensei muito em como poderia expressar o que é ser uma “mãe fora da caixa” para mim, já que esse é um assunto que rende tantas rodas de conversa…

 Vou começar contando um pouco da minha história, de mãe e de vida.

 Tive duas gestações tubárias e por isso tive de recorrer à fertilização in vitro para ter meus filhos. Isso faz com que a gravidez seja, além de muito desejada, muito programada também. Nem por isso, a cada vez que ficava grávida, não deixava de me perguntar: Será que é a hora certa? Será que estamos preparados para ter um filho? A resposta é NÃO!!! Nunca estamos!! Não recebemos nem um manualzinho de como ser mãe e de todas as provações que vamos passar para o resto de nossas vidas.

 E como a vida muda! Gente, enlouqueci! Meu primeiro filho nasceu nos USA, em época de muito frio e neve, e não tinha ajuda nenhuma. Tempos difíceis, mas extremamente prazerosos.

 Então chega uma hora em que nos deparamos com aquela questão cruel: trabalhar fora ou ficar em casa com os filhos? Depois do meu primeiro filho não tive opção, pois pela falta de ajuda não conseguia trabalhar. Mas depois que tive minha segunda filha, já de volta no Brasil, tive que me decidir. A verdade é que me senti muito angustiada. Queria muito me dedicar aos meus filhos, mas eu não sou só mãe. Sou esposa, filha, amiga e, acima de tudo, mulher!!! Ansiava pela minha vida de volta, mas me sentia extremamente culpada por me dividir com meus filhos.

 Decidi voltar a trabalhar em horário parcial. Mas foi com o passar dos anos e principalmente com a chegada dos 40, que muitas certezas se tornaram verdadeiramente claras pra mim. Você tem que descobrir em qual “modelo” de mãe você se sente feliz. Cada mãe é de um jeito, seja trabalhando fora em tempo integral, seja se dedicando completamente ao lar e aos filhos. O importante é que se não nos encontrarmos e não tivermos a certeza da escolha que fizemos, nunca estaremos em paz conosco.

 Precisamos estar felizes e realizadas, sem contudo nunca deixarmos nossos pequenos para segundo plano. E como educar é difícil! Trabalho de formiguinha… Lembrando sempre que nós, mães e pais, somos responsáveis pela criação do caráter de um ser humano, que um dia será mãe ou pai também. E eles vão aprender não só com nossas inúmeras repetições, mas sobretudo com nossos exemplos. Não é nada fácil! É exaustivo! Tem dias em que gostaria de entrar no primeiro avião e ir para uma ilha deserta! Mas nada como um dia após o outro!

 Acho que ser mãe fora da caixa é isso… nos aceitarmos de forma ampla, completa, com todas nossas facetas, virtudes e imperfeições. Encarar que ainda existe o “eu”, com suas vontades e necessidades próprias, mesmo que agora tenha outras prioridades.

 Hoje, o que quero realmente refletir para meus filhos é “Sejam felizes! Busquem sua felicidade!” O meu amor por eles é incondicional e sempre me empenharei em torná-los pessoas que têm o bem e o amor no coração.

(Visited 325 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

3 Comentários

  1. Gabriela - 6 de junho de 2014

    Amei sua sensibilidade e a clareza do seu texto! Sou fã! Bjs

  2. Valéria - 6 de junho de 2014

    Você é linda demais!!!! Linda por dentro e por fora!!!! Eu que te conheço tão de perto posso dizer que realmente você é uma SUPER mãe fora da caixa!!!! Adorei o texto!!!! Beijocas da Val

  3. Ana Paula - 7 de junho de 2014

    Super mãe, super amiga, sempre pronta pra ajudar… É muito equilibrada e ética. Adoro.

Escreva um comentário