E a gente aprende com as crianças

E a gente aprende com as crianças

Essa alegria sem fim e euforia das crianças contagia!

A gente ensina, mas aprende tanto com eles não é mesmo?

Cá estou eu na praia com minhas duas amigas do ❤️. Cada uma com dois filhos em um apartamento de 136 metros quadrados com chuva simplesmente todos os dias!

Você deve estar contando 6 crianças? É isso mesmo seis, 3 meninos e 3 meninas.É hard core mas a gente ama lembram?

Pois então, um dia quase descabeladas de não saber mais o que fazer com as crianças, fomos à praia chovendo mesmo. Praia vazia e chuvinha fina. Não era Anguilla, nem Hawaii, nem Bali e nem a Disney. Era Santos. Sim, Santos, 50 minutos de São Paulo, essa mesma. E eles estavam tão, mas tão felizes e aquilo me fez tão feliz. Fiquei pensando… já perceberam como as pessoas hoje em dia precisam de tanto, gastar tanto, para sentir felicidade? Cara, isso não é felicidade é uma tristeza sem fim! Não estou dizendo que não é bacana viajar para um lugar diferente, novo de vez em quando. Claro que é. Mas hoje, através das redes sociais, eu sinto que para ser “feliz” você já tem que ter ido para a Ásia, Europa, Índia, Oceania, África e para o Alaska. Mas não adianta somente ir, tem que ir com a bolsa Chanel, com o óculos mais mara, os biquínis mais lindos da temporada e o corpo ahh se não estiver magra e malhada esquece! Ahh, e a mais nova moda, não basta ir na praia, tem que ir na praia e andar em um cavalo branco!Acho que o mundo tá tão over, tão terrivelmente superficial que me dá embrulho no estômago.

Só sei que felicidade mesmo não se acha em um passaporte carimbado, um corpo sarado, e biquínis da moda. Pode até ser que você fique feliz com essas coisas, mas aquela felicidade genuína independe de coisas materiais ou viagens caríssimas, vem de dentro e é isso que precisamos manter nas crianças. Eles precisam seguir com isso e não achar que “felicidade” é ter o vídeo game do momento, o celular mais moderno ou a viagem da Disney. Mas para a gente manter isso neles devemos ser assim também, valorizar a felicidade real e o simples.

E posso falar, é tão bom encontrar felicidade com duas amigas e 6 crianças chovendo todos os dias em Santos!

Para ser feliz é preciso tão pouco!

 

(Visited 360 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

Escreva um comentário