Mãe de três: É Punk mas é bom!

Mãe de três: É Punk mas é bom!

Liandra é uma daquelas pessoas que eu simpatizo muito! Sempre alto astral e sorridente! Eu tinha muita curiosidade de saber da vida dela com seus três meninos, então pedi para que ela escrevesse um depoimento para o Blog. Muito querida topou na hora! Amei o depoimento pela franqueza e realidade! Afinal, como mãe de dois já acho Punk, imagina de três…

Liandra,

Obrigada pelo depoimento, pela sinceridade e por ser essa Mãe Fora da Caixa!

“Olá pra vocês Mães fora da Caixa!!

Meu nome é Liandra e sou mãe de três meninos lindos chamados Ricardo, Thiago e Eduardo.

Confesso que quando a Thaís pediu pra que eu escrevesse como é a experiência de ser mãe de 3 filhos a minha pergunta foi:

- Mas você quer que eu diga a verdade? E ela respondeu que sim.

Vamos lá, a verdade é que é PUNK…

Punk não é a palavra que eu normalmente usaria para descrever, mas vou procurar não fazer uso de palavras inadequadas neste texto, apesar que tais palavras fazem parte da minha vida como mãe de 3 filhos.

Primeiramente quero deixar claro que o Dudu, meu terceiro filho não foi acidente rs.

Além da vontade de mais um, tinha a vontade de ter uma menina. Agora, com meu triozinho formado, vejo que foi muito bom ter vindo meu terceiro baby boy!

Para aqueles que estão se perguntando se vou continuar tentando a resposta é NÃO! E como queria garantir que eu não engravidasse de novamente, durante a cesárea já foi feita a laqueadura! Brinco que dessa barriga não sai mais bebê! Já tenho loucura demais na minha vida.

Aos pais de filhos únicos que se perguntam se o trabalho com dois dobra eu respondo:

- Sabe de nada inocente rs!

De dois pra três não simplesmente triplica, aumenta em PA mas sim em PG…

É fisicamente impossível cuidar de 3, uma vez que temos só dois braços!

A ajuda é sempre necessária até a idade que eles conseguem se virar sozinhos e mesmo assim, serão três adolescentes para administrar ( Deus me ajude!).

A educação é diária, trabalho de formiguinha, todos os dias me pego repetindo as mesmas frases:

- Ricardo senta direito na mesa!

- Tico para de pular de um sofá pro outro (esse meu filho prática Parkour rs)!

- Dudu não bate nos seus irmãos, carinho Dudu, carinho!!

Claro que esses são alguns exemplos, a realidade é bem mais dramática.

Tudo aqui é em dose tripla da hora que eles acordam até a hora que eles dormem.

Aqui na minha casa são três crianças correndo ou gritando quando se empolgam nas brincadeiras e claro, três brigando como todo irmão.

No carro, que não pode ser pequeno, agora tem apenas duas cadeirinhas, graças a Deus, a fase das 3 cadeirinhas já passou.

Na escola as professoras me dão um desconto quando esqueço de enviar um livro ou protocolo assinado. E quando finalmente decoro o dia certo do brinquedo de todos sem erro, o ano acaba e começa tudo novamente rsrsrs.

Nesse último dia dos pais, eu tinha certeza que havia mandado a foto do pai pra cada filho e quando fui ver um deles tinha duas e o outro nenhuma!!

Não pensem que sou uma pessoa desorganizada, pelo contrário, antes de ter filho eu até achava que sofria de TOC!

Depois de filhos eu constatei que ou eu mudava e relaxava, ou realmente ficaria louca!!

Tem dias que me pergunto o que fui fazer… Se tivesse parado no segundo seria bem mais fácil…

A verdade é que se pudesse voltar no tempo faria tudo exatamente do mesmo jeito.

Não consigo imaginar minha vida sem esse trio que me escolheu pra mãe deles e com o qual fui abençoada e tenho o privilégio de conviver todos os dias!!

Mas que é PUNK é KKKkK.”

(Visited 1.547 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

4 Comentários

  1. Rita Castro - 2 de setembro de 2014

    Lilica, é desse modo que essa moça bonita é conhecida na família!
    Só tenho a dizer, que vc,Liandra é uma guerreira, e sendo guerreira, mulher vencedora, que nunca desistiu de seus sonhos, por mais difíceis que possam parecer.
    Então minha querida, diante dessa nova fase, queria deixar aqui, nesse espaço, o quanto é grande o meu amor por vc!
    Parabéns pelo belo texto que vc escreveu, pois tem tudo de você : sutileza, coragem, leveza para encarar desafios e é claro, muita determinação!
    Um beijo da prima que torce pelo seu sucesso!
    Rita Castro

  2. MadiluTeixeira - 3 de setembro de 2014

    Verdadeiro seu depoimento e muito sincero, continue sempre sendo esta mãe corajosa e amorosa seus pequenos reconhecem a grandeza do seu carinho e amor. Eu cada dia fico mais orgulhosa da minha menina te amo!

  3. Camilla Daher - 4 de setembro de 2014

    A mais pura verdade ,também sou mãe de três lindos garotos , Henrique , Gustavo e Rafael ,e é mesmo assim como você descreveu “PUNK”,KKK! A diferença é a idade ,16,11 e 8 ,mas vou te dizer ,continua sendo ‘PUNK”.
    Mas amo o fato de ser mãe de meninos , realmente um presente de Deus!!!
    Boa Sorte para nós então!!!!

Escreva um comentário