Seu filho ouve bem?

Seu filho ouve bem?

A audição é um dos fatores primordiais para o desenvolvimento da linguagem do ser humano, e esta, consequentemente, é fundamental para a comunicação global deste com o mundo. (Russo e Santos, 1993)

O bebê intra-útero inicia seu contato com os sons a partir da 21o semana de gestação.É fundamental que a partir desse período a mãe já se comunique com o bebê pois todo esse estímulo auditivo oferecido pela mãe influenciará na comunicação da criança no futuro.

Entretanto, a maturação auditiva nesse momento não está completa. Essa, só ocorre após o nascimento, com os estímulos sonoros oferecidos pelo meio ambiente. É através da exposição aos sons que o rodeiam que o bebê desenvolverá sua linguagem.

A audição não está somente relacionada com o desenvolvimento da fala da criança, está também totalmente envolvida com o desenvolvimento emocional e intelectual. Afinal, enquanto o bebê ainda apresenta seus primeiros balbucios, ele já diferencia um elogio de uma chamada de atenção somente pelo tom de voz dos pais.

A partir dos seis meses de vida os bebês já reconhecem a própria voz e iniciam seu primeiro contato com a fala.

Mesmo que o seu filho quando recém-nascido tenha realizado o teste da orelhinha, mas com 6 meses não balbucie, ou não demonstre qualquer tipo de comunicação através de sons produzidos por ele, é muito importante que você relate isso ao pediatra que o acompanha para que a audição dessa criança possa ser avaliada. O diagnóstico precoce feito até os seis meses de vida, é de fundamental importância para que a criança desenvolva tanto a linguagem quanto sua sociabilidade.

Acompanhe o desenvolvimento da Audição e da Linguagem do seu bebê:

0 a 3 meses – O bebê se assusta chora ou acorda com sons fortes e repentinos. EX: Batida de porta. No entanto, ele se acalma ao ouvir uma voz familiar.

3 a 6 meses-  O Bebê olha ou mexe a cabeça para os lados procurando a origem do som. Reconhece a voz materna. Começa a emitir sons sem significado (blabucio)

6 meses- O bebê localiza prontamente os sons de seu interesse virando a cabeça em sua direção. Reage para sons fracos e suaves. Intensifica o balbucio.

1 ano- O bebê aponta e procura objetos e pessoas familiares quando solicitado. Inicia a emissão das primeiras palavras. EX: Mamãe, Papai, tchau.

2 anos- A criança aumente seu vocabulário intensamente e começa a formar frases.

Espero que esse post ajude e oriente as mães sobre a audição dos filhos!

(Visited 314 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

2 Comentários

Deixe uma resposta para Thaís Vilarinho Cancelar resposta