Filhos precisam se machucar

Filhos precisam se machucar

Não pode! Cuidado! Vai estragar! Vai machucar!

É só o que eu escuto por aí, me incluo nessa tá? Como podemos ter ficado tão chatos?

Não que a gente não tenha que ensinar o valor das coisas e certo cuidado com o próprio corpo. Mas o exagero vira uma nóia horrível e pode afetar o desenvolvimento das crianças.

Sangrar, se recuperar faz parte. Ver a casquinha se formar sobre machucado, arrancar a casquinha e sangrar de novo. Lembram disso? Pular no sofá, cair da bicicleta, fazer arte, é o que fica na memória.

Relembrem a infância e vão notar que a frequência dos machucados dos nossos filhos é muito menor, assim como nossas mães não ficavam em cima da gente o tempo todo.

A única resposta que encontro é superproteção! Como se fossemos protegê-los das dores da vida. Estamos podando nossos filhos da própria vida que demos a eles.

Caramba, não damos folga! E a frustração que é tão necessária não vão sentir? E o sentimento de arriscar tão importante vamos podar?

O mundo está mais perigoso, sim está, mas mesmo assim precisamos perceber a importância de encontrarmos formas para que eles sintam-se livres pois só assim terão coragem de arriscar e passar por experiências necessárias na infância para tornarem-se adultos seguros e independentes.

A vida, o corpo, a mente, as roupas e as coisas estão aí para serem usadas.

Queremos crianças quietinhas de roupas intactas, ter casas arrumadas sem espaço para a bagunça e para a imaginação? Queremos crianças com a folha da infância em branco? Ou vamos preferir que nossos filhos se mexam, se arrisquem e se orgulhem das marcas deixadas no corpo por terem tido uma infância bem vivida e terem a folha dessa época preenchida de marcas e histórias para contar?

Faço um convite à vocês: Encontrem formas de dar liberdade para seus filhos, vamos ensiná-los a USAR a vida deles sem tanto mimi, medo e cuidados!

E posso falar, o que os olhos não vêem o coração não sente e do chão não passa rsss! Às vezes fazermos a famosa vista grossa é necessário para que deixemos a imaginação deles correr solta.

Precisamos libertar nossos filhos para que eles se tornem livres para a vida!

(Visited 400 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

3 Comentários

  1. Juliana - 3 de março de 2017

    Concordo contigo. Eu fui uma criança que não arriscava, quase não machuquei, gostava de estar limpinha. Vejo o tanto que minha filha é diferente. Curiosa , gosta de futucar em tudo. Vive ralada/roxa e feliz. Dá agonia quando não tenho como levar num lugar amplo e tirar da TV, da casa chata do parente cheio de murano. Criança precisa de liberdade!

  2. fabiana - 16 de março de 2017

    oi gente, boa tarde, fui uma criança , muito contida , raramente, me machucava, tenho uma filha de 15 anos , ela foi uma criança totalmente diferente de mim, que bom!!! a criança precisa ser criança, é uma pena que as crianças ,não brinquem tanto quanto antes.

    visite nossa loja http://www.nutritivasaude.com.br ótimos suplementos !

Escreva um comentário