Camila Blat…encontrando caminhos, sem medo de ser feliz!

Camila Blat…encontrando caminhos, sem medo de ser feliz!

A Camila é uma amiga que admiro pela doçura e determinação, ela tem a cara do blog pois pensa, completamente, fora da caixa. Fiquei tocada com sua história de superação e coração aberto para o novo… Ei você aí que é mãe e largou a profissão por não querer passar o dia todo longe dos seus filhos mas, tem vontade de ter um trabalho que dê para conciliar com a vida materna… esse depoimento é inspirador e motivador para você!

Cami obrigada pelo carinho com o blog e, por abrir aqui sua história!

“2014 foi um ano intenso…!

Teve manifestação, falta d´água, sumiço de avião, Copa do Mundo, queda de helicóptero,  7 X 1, eleições…

Pessoalmente para mim o ano começou bastante complicado, na virada eu estava muito apreensiva e com problemas na gestação, estava no início do segundo trimestre e, apesar do bebê estar uma fofura, descobri um “descolamentão” de placenta que me afastou do trabalho e me colocou de cama na tentativa de “colar” tudo de novo…

Foi um período de muita tensão e muita incerteza misturada com medo e esperança. Infelizmente não consegui levar a gestação a diante e perdi o bebê no sexto mês…

Experiência avassaladora essa, daquelas que não se deseja a um inimigo, mas que traz consigo uma tonelada de aprendizado…

E como se diz por aí “desgraça pouca é bobagem” eu ainda conheci o lado negro do mundo corporativo… Eu sou fonoaudióloga formada há 12 anos e trabalhei durante 8 anos em um hospital bacana aqui de SP, nos últimos 3 anos a empresa tinha crescido, montado outra unidade e eu virei coordenadora do setor. Toda feliz e orgulhosa, daquelas que veste a camisa da empresa mesmo…! O que aconteceu foi que, durante meu afastamento, minha diretoria não me ofereceu nenhum suporte, não contratou a substituta que eu havia indicado e entre tantas confusões eu ainda me vi obrigada a, mesmo acamada, cheia de conflitos, com a cabeça e o coração a mil por hora, receber ligações quase diárias das UTIs abandonadas, médicos e familiares revoltados, vi todo o castelinho que eu levei anos pra construir ruir na minha frente, por incompetência ou negligência alheios… A ponto do meu marido e companheiro me aconselhar a nunca mais pisar naquele lugar… Mas era o lugar que eu mais amava…!

Conclusão, tava eu em casa sofrendo de dois lutos, duas perdas enormes, meu primeiro e tão desejado bebê e meu amado trabalho no hospital…!

Haja lágrima, colo, oracção, desabafo, livro de auto ajuda e chocolates pra superar…!

Mas Deus é bom e é perfeito e me ajudou a continuar respirando…

Com o apoio do meu companheiro, da minha família e dos muitos amigos me senti confortada e pronta pra recomeçar…

E em maio, 2014 me presenteou com a oportunidade de iniciar uma nova carreira no ramo de beleza me tornando uma consultora independente Mary Kay e, com isso, a chance de preencher meus dias com beleza, fazer novas amizades e adquirir novos conhecimentos…!

A princípio eu não aceitei, “imaginem só, eu, fono, formada na PUC, pós graduada pelo InCor, sair por aí com uma revistinha na mão vendendo cosméticos… Jamais…!”

Além disso eu tinha muito preconceito, achava que maquiagem era coisa de gente fútil, que ia virar dessas “dondoquinhas” desmioladas e obcecadas pela forma e sem conteúdo…

Mas eu tava com um mundo de tempo livre, e a cabeça cheia de minhoca então resolvi dar uma oportunidade para a oportunidade…! AINDA BEM…!

Aos poucos eu compreendi a missão e os valores da empresa, descobri que sua fundadora foi abandonada pelo marido nos EUA no período pós guerra com dois filhos menores de 10 anos e, enquanto buscava uma maneira de ser mãe e provedora acabou inventando um modelo de negócios que respeitava as condições e os anseios das mulheres desde aquela época até hoje…!

Então entendi plenamente a empresa, seu propósito e a oportunidade preciosa que estava diante de mim, que vai muito além de vender “creminho”, existe um plano de carreira e liderança espantosamente gratificante, para mim que sempre achei que nada me daria mais satisfação do que dar alta pra um bebê bem gordinho depois de tê-lo visto na encubadora por 4 meses seguidos, ou quando um paciente dava uma golada de refrigerante depois de meses sem beber líquidos… foi uma surpresa encantadora…!

Esse negócio é daquelas notícias boas que você tem vontade de espalhar pra todo mundo!

Como quando seu time vence, quando entra na faculdade, quando é pedida em casamento, quando você descobre que está grávida…!

E quando eu contei pra Thais ela ficou interessada em publicar essa história aqui, pois é uma oportunidade de empreender, ter agenda flexível para poder priorizar os filhos e a família. Uma maneira de voltar pro mercado sem chefe e sem burocracia e que pode ser uma chance legal pra muitas mães que buscam independência financeira sem abrir mão dos momentos preciosos com os pequenos…!

Estou na empresa há 7 meses e meu próximo passo será me tornar diretora, o que quer dizer desenvolver um time e minha liderança, faz parte do meu desenvolvimento receber e orientar outras pessoas que tenham interesse na carreira… Se te interessou me mande um email pra conversarmos mais…!

Adoro o blog, sou leitora assídua e estou muito feliz em participar… Me sinto uma pessoa “fora da caixa” por ter tido peito pra assumir tantas mudanças sem ficar me lamentando pelos cantos… E a notícia melhor ainda é que já estamos liberados pra engravidar então conto com a torcida de vocês pra me tornar mamãe logo, porque fora da caixa eu já sou!

Um Beijo com carinho Camila!”

Meu e-mail: camilissima.marykay@gmail.com

 

 

(Visited 683 times, 1 visits today)
Thaís Vilarinho

Mãe de dois meninos lindos Matheus e Thomás, Fonoaudióloga Clínica. Pratico corrida e Muay Thai. Adoro escrever, viajar, escutar música, ver um bom filme, sair e estar com a família e os amigos. Sou curiosa, adoro conhecer e aprender coisas novas.

Share This Post

5 Comentários

  1. Keila Beverly - 26 de janeiro de 2015

    Que bacana!
    Muito inspirador. Parabéns Camila!
    Muitas coisas acontecem pra q outras possam acontecer. Isso ai, força!!!
    Beijo

  2. Josi - 26 de janeiro de 2015

    Historia de superação, estive com ela em alguns momentos, mulher lutadora, guerreira, simples, coração enorme. Amo demais Camis

  3. Tati Bueno - 7 de setembro de 2015

    Que linda história! Nem imaginava! A gente nem imagina o que as pessoas passam. Muito bom VC ter compartilhado! Parabéns Camila! Um exemplo que podemos e devemos dar a volta por cima!! Que esse bebê venha logo pra gente mimar bastante! Um beijo grande e muito sucesso!!!?

  4. Tati Bueno - 7 de setembro de 2015

    Oi Camila! Que linda história!!! Eu não sabia. A gente nem imagina o que as pessoas passam… Muito legal VC compartilhar!! Isso prova que todos podemos e devemos dar a volta por cima!!!! Que esse bebê venha logo pra ser muito amado!!!! Sucesso!!! Bjo grande!!!

  5. Duda - 7 de setembro de 2015

    Cá… Só tenho uma coisa a dizer:
    Vc é um exemplo não só pra mim, mas pra muitos!!! Amooo… Bjo

Escreva um comentário